Você se considera conservador nos costumes? Não é tão fã da diversidade? Você vai ter duas escolhas a partir de agora: 1) se permitir ler esse texto e ter um outro ponto de vista; 2) largar esse texto e prejudicar sua produtividade. A diversidade é um caminho para se tornar mais produtivo o quanto antes.

Se você já entendeu a diversidade e a abraçou, ajude esse movimento a expandir.

O que é a diversidade?

Diversidade segundo o dicionário Michaelis é: “qualidade daquilo que é diverso, diferença, dessemelhança, variação, variedade.” Quando se fala em diversidade hoje em dia, frequentemente associamos a algumas minorias, como negros, LGBTQIA+, mulheres, indígenas, refugiados e outros.

É exatamente essa diversidade que quero explorar, porque muitas pessoas estão perdendo muitas oportunidades, por tentarem manter pensamentos ditos como “tradicionais”. A diversidade é muito profunda, porque tudo importa para a sua transformação.

Um negro que nasce em uma comunidade (favela) é diferente do negro que nasce em uma família privilegiada. Uma mulher criada apenas pela mãe é diferente de uma mulher criada pelo pai e pela mãe. Um indígena que mora na cidade é diferente de um que nasceu e vive na aldeia.

Então, a diversidade é um conjunto de fatores capazes de transformar as pessoas de diferentes formas, não há certo ou errado, ela simplesmente é e por isso deve ser abraçada.

Assim, por estar ligada a diversos fatores, acredite, se você faz parte da dita maioria, analise um pouco mais profundamente e verá que você pode estar errado.

O perfil branco e hétero, pode ser o padrão, mas isso muda se a mãe criou o filho sozinha, ou até mesmo se a mãe e o pai divorciaram ou o pai abandonou o filho. Essa conjuntura torna a maioria das pessoas diversas e elas muitas vezes não reconhecem isso.

Mais diverso = Mais produtivo

Porque quanto maior a diversidade, maior é a produtividade? Quando somos ensinados alguma coisa, ela geralmente é processada de forma diversa, por isso existem autodidatas, superdotados e outros.

O nosso cérebro é diverso e geralmente a sociedade tenta formatá-lo para um padrão, isso é errado? Não há errado ou certo nessa história, há um ponto de vista rígido ou flexível.

Se você se encaixa no dito padrão, branco, hétero, classe media ou alta, muito provavelmente você tende a analisar o mundo sob um viés menos plural, mas isso não é e não pode ser generalizado, O nosso cérebro tende ao diverso, já a sociedade prefere formatá-lo para um padrão.

Vamos imaginar que em uma empresa, só hajam homens brancos, héteros nascidos em famílias de classe média alta, há um pensamento padrão. Devido à falta de diversidade o ambiente se torna monótono e não abre espaço para a criatividade, pois não há algo que provoque isso. Um produto criado nessa empresa pode ser inovador, mas ele vai seguir uma padronização, onde apenas um consumidor com aquele perfil se sentirá representado.

Já começou a me xingar de esquerdinha, comunista ou falar que eu sigo o Marxismo Cultural? Posso continuar ou você não vai se permitir?

Essa diversidade é necessária e está sendo adotada pelas gigantes do capitalismo, porque? Simples, novos produtos só surgem com criatividade, produtividade e principalmente adaptabilidade. Eles não estão se tornando socialistas e nem comunistas, simplesmente estão usando o que está disponível no mundo.

Essa adaptabilidade é importante em tudo, imagine se as roupas só tivessem os tamanhos P, M e G. O que faríamos com as pessoas muito magras e com as muito gordas? Iríamos empurrá-los até chegarem no padrão?

A maioria das pessoas devem ter respondido sim, enquanto na verdade a resposta é definitivamente não. Ora, padronizar é justamente o problema, o ser humano internamente e externamente é muito diverso. Não há um padrão exato, ora a cabeça é grande, ora um dedo a mais. Essas condições não são escolhidas, elas provem da própria natureza.

Esse só foi o primeiro texto sobre esse assunto, ainda tem muito a se falar sobre isso.

Lembrando…

Espero vocês seguindo o Podcast, seja no CastBoxSpotifyDeezerGoogle Podcasts e outros. Lembre-se que para não perder nenhum episódio é importante seguir o Podcast. Espero o comentário de vocês aqui ou no Castbox.


Não deixe para aprender sobre contas digitais depois, baixe agora o nosso Ebook sobre Contas Digitais.